Comidas que amamos e poderiam ser patrimônio cultural brasileiro

Descubra 6 pratos típicos que são bem representativos das regiões do nosso país.

Comidas que são pratos típicos do Brasil

Algumas comidas têm o poder de despertar muito mais dos nossos sentidos: os aromas, a textura, os ingredientes. É como se você pudesse comer todos os dias sem enjoar, não é? E se tivermos uma memória afetiva ligada àquela comida, será ainda mais intensa a experiência.

Por isso, na hora de preparar a comida favorita, colocamos tanto o nosso carinho e regionalidade que podemos dizer, com toda certeza, que aquele prato deveria ser conhecido pelo mundo inteiro.

Hoje, vamos mostrar alguns pratos típicos brasileiros que deveriam receber todos os prêmios e até mesmo ser considerados patrimônio cultural do nosso país. Será que o seu favorito está nesta lista?

Pão de queijo

Defina Minas Gerais em uma comida: a resposta é óbvia, não é? Mesmo dividindo espaço com o doce de leite e queijos mundialmente conhecidos, o pão de queijo ainda é a grande estrela da culinária mineira. Outros estados podem até tentar, mas nenhum será capaz de reproduzir de forma fiel essa iguaria.

O original é feito com muito queijo e ovo caipira. Mas não podemos esquecer da casquinha crocante por fora, que só um pão de queijo mineiro quentinho tem.

Baião de dois

Essa receita, originalmente cearense, é uma mistura de dois elementos básicos do prato do brasileiro: o arroz e o feijão (preferencialmente, o feijão de corda). Quando foi criado, o prato reunia as sobras da cozinha, com a adição de carne seca e queijo coalho.

Acarajé

Já a Bahia carrega consigo a tradição de as baianas produzirem e venderem, em tabuleiros, as comidas ligadas ao culto dos orixás. Uma delas é o acarajé.

O bolinho de feijão fradinho, cebola e sal é frito em azeite de dendê, respeitando a tradição africana. Mas as receitas tradicionais também são regadas a vários tipos de pimenta, quiabo, camarão seco e gengibre. Só de falar já lembra a Bahia!

Tapioca

Já a tapioca vem para representar o patrimônio cultural de Pernambuco. O prato tem origem indígena, mas foi inspirado na culinária dos europeus que colonizaram o nordeste. Na falta de trigo para fazer pão, eles descobriram que a tapioca poderia servir como substituta.

A forma como conhecemos hoje veio de Olinda, local onde se consumia muito beiju, farinha e a goma extraída da mandioca. Desta última é que conseguimos chegar às formas de consumo que vemos hoje. A tapioca pode levar recheios diversos, com opções doces e salgadas.

Brigadeiro

Outra iguaria que devia ganhar prêmios mundiais é o brigadeiro. Você sabe como ele foi criado? O docinho é tipicamente brasileiro.

A ideia surgiu em 1946, quando uma doceira resolveu apoiar o candidato à presidência Brigadeiro Eduardo Gomes. Os doces foram feitos para arrecadar fundos para a campanha. Mas, 75 anos depois, a receita está mais viva do que nunca e já inspirou outras variações do doce.

Pato no Tucupi

Se você visitar o Pará, a resposta dos moradores sobre pratos que poderiam ser patrimônio cultural brasileiro, com certeza, incluiria o pato no tucupi. Este é considerado o prato mais representativo da culinária amazônica.

A receita é feita com jambu, uma erva típica do norte do Brasil, e o tucupi. Este último é um líquido de cor amarelada extraído da raiz da mandioca brava. Para acompanhar, ele costuma ser servido com farinha de água de mandioca e arroz branco.

Confira também: 4 vitaminas saudáveis para fazer em casa

E aí, você concorda com a lista de comidas? Alguns pratos são mais conhecidos e outros um pouco mais difíceis de serem reproduzidos em outras regiões por conta dos ingredientes. Mas precisamos concordar: a culinária brasileira é tão diversificada que poderíamos fazer uma lista imensa de pratos deliciosos.

123 Notícias

Outros artigos