Conheça as melhores cidades para se viver depois de aposentar

Depois de tantos anos de trabalho, planejamentos e investimentos, aproveitar a aposentadoria com tranquilidade é um grande momento, certo? Então, confira neste artigo as melhores cidades para se viver depois de aposentar.

Seja com renda da aposentadoria privada ou da pública, ter conforto e tranquilidade na terceira idade é um desejo de todos os trabalhadores.

Viver bem tem muito a ver com o lugar em que a pessoa está morando, afinal, ter condições e estrutura para os mais velhos, atividades, oportunidades de lazer, segurança e até mesmo algum tipo de trabalho faz toda a diferença.

Melhores cidades para se viver

Muitos pensam em se mudar depois que deixar de trabalhar, não é mesmo? Mas você já pensou quais cidades são excelentes locais para se viver após a aposentadoria? Reunimos algumas delas para você, confira!

  • Santos – SP

Se estar perto da praia e desfrutar da tranquilidade é um desejo para você, Santos precisa estar no topo da lista das melhores cidades para viver bem.

A cidade no litoral paulista, conhecida por ser um reduto dos aposentados, já foi eleita diversas vezes como a melhor cidade para se viver na após os 60 anos.

Isso se dá graças aos níveis de educação para terceira idade, segurança, lazer, infraestrutura, entre outros. Por lá, muitos são os projetos para que os idosos sejam incentivados em aulas de dança, yoga, terapias, além de projetos profissionais em que os aposentados podem trabalhar como contadores de histórias para crianças e adolescentes, ou funções no turismo religioso ou no Bonde da Cidade.

Além disso, a cidade é repleta de cursos para manter a educação da terceira idade em dia e tem programas para inclusão digital, por exemplo, desse público.

Confira também: Principais atrações do centro oeste

  • Niterói – RJ

Outra cidade brasileira sempre apontada em estudos de locais para se morar é Niterói, no Rio de Janeiro. A cidade possui acesso a bons tratamentos de saúde, grande quantidade e variedade de atividades para idosos, principalmente no aspecto cultural.

Mais do que isso, Niterói tem se destacado a cada ano em sua gestão e tem se colocado como uma cidade segura e protetora para a terceira idade do país.

  • Porto Alegre – RS

Porto Alegre já recebeu o selo “Cidade Amiga do Idoso” da Organização Mundial da Saúde (OMS). Isso por si só já reflete o cuidado da cidade com esse grupo de pessoas e a faz como uma das melhores cidades após a aposentadoria.

Na cidade a população mais velha conta com diversos apoios como projetos habitacionais, atividades integrativas e até mesmo uma medida de lei que diz que 20% das consultas diárias nas redes de saúde são garantidas para os idosos.

Além disso, Porto Alegre é repleta de cultura, possibilidades de educação e se destaca pelas suas habitações e condomínios residenciais dedicados a idosos.

  • São Caetano do Sul – SP

São Caetano do Sul também vem se destacando em pesquisas sobre desenvolvimento urbano e longevidade. Em 2020, por exemplo, a cidade entrou no ranking e foi apontada a melhor cidade para viver a partir dos critérios de saúde, bem-estar, finanças, habitação, educação, trabalho, cultura e engajamento.

Um dos grandes destaques para São Caetano do Sul é o quesito bem-estar, por suas altas

ofertas de estabelecimentos de condicionamento físico, sendo preparada para saúde e lazer dos aposentados.

  • Portugal

Se sua vontade é sair do Brasil, Portugal é um dos principais lugares para se pensar. Anualmente, a revista International Living publica o Índice Anual de Aposentadoria Global com informações e dados que avaliam qualidade de vida, saúde, infraestrutura, entretenimento, experiência e benefícios para os aposentados.

melhores cidades para se viver depois de aposentar
Fonte de imagem: pexels

Além desses pontos são também avaliadas categorias de compras e investimentos, visto, custo de vida, hospitalidade dos nativos, apoio ao empreendedorismo, entre outros.

Portugal é o país que lidera esse índice e oferece excelente estilo de vida para os aposentados. Além da beleza geográfica do país, é possível encontrar ótimos serviços de saúde, culinários e turismo.

Mais do que isso, Portugal é um dos países mais baratos da Europa, tem cidades pequenas e badaladas, além de ter o idioma nativo dos brasileiros e, de quebra, dá a possibilidade de aprender e aprimorar o inglês com os locais e os vizinhos europeus.

Essas são algumas das opções de locais em que existem programas e grande cuidado com os aposentados. Escolher um bom lugar para morar, pensando em saúde, segurança, cultura e incentivo à terceira idade é essencial para passar por essa importante fase da vida.

Você já pensou onde deseja morar após sua aposentadoria? Aproveite nossa lista das melhores cidades para se viver depois de aposentar e comece a se planejar financeiramente desde já!

Continue acompanhando nossos conteúdos aqui no portal 123 notícias.

123 Notícias

Outros artigos

Anemia: O que é e como tratar?

A anemia é uma doença cuja principal característica é a diminuição da quantidade de hemoglobina (o pigmento que dá cor aos glóbulos vermelhos). O seu surgimento tem...

Ler artigo