Pular para o conteúdo
Início » Entenda O que é um Afiliado e Como Ganhar Dinheiro Com esse Mercado em 2022

Entenda O que é um Afiliado e Como Ganhar Dinheiro Com esse Mercado em 2022

A área do Marketing Digital vem crescendo consideravelmente nos últimos anos, muito em conta da pandemia de COVID-19, que foi responsável por um aumento de desemprego no país.

Dentre as mais diversas áreas que englobam o Digital, a área de afiliados e vendas de produtos online é uma das mais importantes atualmente.

Entretanto, muitas pessoas ainda possuem dúvidas de como iniciar na área, não sabendo ainda muito bem como funciona e como traçar uma boa estratégia.

Neste conteúdo, traremos tudo o que você precisa saber sobre o mercado de afiliados e como iniciar da forma correta em 2022.

O que é um Afiliado?

Um afiliado é alguém que se afilia a um produto ou serviço e começa a divulgar por toda a internet, usando as mais variadas estratégias.

O que afiliado
Imagem: pexels.com

Geralmente, esse tipo de profissional já possui uma boa base de conhecimento em tráfego, seja orgânico ou pago e, a partir daí, usa seus conhecimentos para promover esses produtos.

Em outras palavras, o afiliado nada mais é do que o vendedor que nós já estamos habituados, só que ao invés de ser no ambiente físico, agora é no ambiente digital.

Então, apesar do afiliado possuir uma boa base em geração de tráfego, também é importante que esse profissional entenda um pouco sobre funil de vendas, copywriting e tenha a capacidade de ter empatia, ou seja, se colocar no lugar do outro.

Como funciona, na prática, esse tipo de profissão?

Agora que você já sabe o que significa um afiliado, vamos te mostrar como funciona realmente na prática.

Imagine que você fez alguns cursos de gestão de pessoas e liderança ead. A partir daí, fazendo uma breve análise, você percebe que outras pessoas também poderiam se interessar por algum desses produtos.

Com base nisso, você conversa com o dono do curso e pergunta se ele pode aceitar você como afiliado, para divulgar o produto.

Se ele aceitar a parceria, você será oficialmente um afiliado desse produto X. Na prática, após se cadastrar nas plataformas que traremos daqui a pouco de exemplo, você receberá o que conhecemos como link de afiliado.

O link de afiliado nada mais é do que um link, que possui um código que será responsável por identificar quem foi que realizou a venda.

Logo, se você enviar esse link para uma pessoa e ela comprar através dele, você receberá uma comissão, assim como acontece com o vendedor no ambiente offline.

Porém, o grande ponto é… 

E agora, o que fazer?

Sem uma estratégia bem desenhada por trás, não adianta se afiliar ao produto, receber seu link de afiliado, mas não divulgar.

Quais são os tipos de afiliados?

Atualmente, você pode atuar basicamente em duas frentes do mercado de afiliados, como afiliado de produtos físicos e afiliado de produto digital.

Tipos de afiliados
Imagem: pexels.com

Vale ressaltar que é importante saber que há essa diferença, pois isso vai também nortear como será sua estratégia de divulgação.

Os afiliados de produtos físicos são responsáveis por vender, como o próprio nome diz, produtos considerados físicos, como:

  • Cápsulas
  • Géis
  • Cremes
  • Drones
  • Câmeras fotográficas

Há uma infinidade de produtos físicos que esse tipo de afiliado pode vender. Porém, normalmente quem vende esse tipo de produto tem uma maior dificuldade para escalar, ou seja, é mais difícil de você atingir e vender para um maior número de pessoas.

O outro perfil de afiliado é o que conhecemos como afiliado digital. Esse tipo de profissional foca suas estratégias apenas em vender produtos digitais, como:

  • Ebooks
  • Audiobooks
  • Cursos Online
  • Webinars

Quando o afiliado foca para vender exclusivamente produtos digitais, normalmente o desempenho acaba sendo melhor, justamente por ter uma facilidade maior de escalar.

Você consegue, por exemplo, vender um curso online para uma diversidade muito alta de pessoas, em questão de pouquíssimas horas, dependendo da estratégia e também do produto.

E como montar uma boa estratégia para vender como afiliado?

Montar uma boa estratégia para atuar como afiliado pode ser um pouco difícil, principalmente para quem está iniciando agora nesse mercado.

Porém, separamos algumas dicas essenciais que podem te ajudar a compreender melhor como funciona esse universo de afiliação.

  1. Foque em tráfego

Um dos maiores erros de quem está iniciando nesse mercado é achar que é algo fácil de aprender e executar.

A melhor forma de iniciar nesse meio é aprendendo muito, muito mesmo sobre geração de tráfego.

Caso você não saiba, tráfego nada mais é do que pessoas entrando no seu website, ou clicando no seu anúncio e indo até sua loja.

Agora, o ponto é, como gerar esse tráfego?

Não tem muito para onde fugir, você precisará entender o máximo possível sobre tráfego. 

Tráfego
Imagem: pexels.com

Importante ressaltar que existem dois tipos de tráfego, o tráfego orgânico e o tráfego pago, ambos com suas vantagens e desvantagens.

No tráfego pago, você paga uma determinada quantia para seus anúncios aparecerem para os potenciais compradores.

E no tráfego orgânico, você não gasta dinheiro para geração de tráfego, mas sim tempo e dedicação, que geralmente são maiores.

Então, o grande benefício do tráfego pago é que os resultados costumam aparecer bem rápido, no mesmo dia ou na mesma hora, dependendo das palavras-chave que você comprou se estivermos considerando o Google Ads.

Já no orgânico, há um trabalho mais demorado, mas que normalmente recompensa muito após alguns meses. Pois, geralmente os usuários que vem desse tipo de tráfego são mais qualificados do que os que vem apenas do tráfego pago.

  1. Crie sua estrutura

Montar a sua estrutura, é muito importante para você evitar possíveis dores de cabeça com esse mercado.

Um outro erro bem comum de quem está iniciando é criar apenas um instagram, ou um canal no youtube, ou um site e depois focar apenas em um deles.

Isso é um grande erro, pois se por algum motivo algum canal seu “falhar” ou tiver algum problema, você ainda terá outros meios que servem para te gerar tráfego.

Um bom exemplo a ser citado é quem trabalha com tráfego pago e costuma anunciar no Facebook Ads, uma das principais plataformas de anúncio hoje em dia.

Apesar de ser bastante utilizada, o Facebook Ads é o verdadeiro pesadelo de muitos afiliados. Isso porque qualquer deslize, o Facebook pode excluir o anúncio e até mesmo banir a conta.

Já imaginou a dor de cabeça se uma coisa dessa acontece com um anúncio que vinha performando bem? 

Então, é por isso que ter sua estrutura é essencial. Até porque, você ficará ainda mais próximo de montar um verdadeiro império pela internet, recebendo tráfego de todos os canais digitais.

A partir daí, não foque em apenas um canal, tenha perfis em:

  • Facebook
  • Instagram
  • YouTube
  • Blog
  • Pinterest
  • TikTok

Para que fique claro, crie sim sua estrutura completa, mas seja especialista em uma fonte específica de geração de tráfego, seja com blog usando técnicas de SEO, seja especialista na ferramenta do Google Ads, Facebook Ads etc.

  1. Produza conteúdo de qualidade

Se você já tem um tempo na área, já deve ter ouvido falar que o conteúdo é o coração do Marketing Digital, não é mesmo?

Para levar seu patamar como afiliado para um outro nível, incluindo montar sua estrutura, não há para onde fugir.

Você precisará produzir conteúdo, ou melhor, conteúdo de qualidade.

Isso porque, quando você produz conteúdo, você vai aumentando sua audiência (base de prospects) e a partir daí vai se tornando autoridade naquele assunto.

Sendo assim, suas chances de realizar as vendas como afiliado serão muito maiores, pois você será visto perante o mercado como referência naquele assunto.

  1. Adote o Mindset do Lifelong Learning

O Marketing Digital, antes de ser Digital, é Marketing. Logo, você ainda assim precisa entender sobre público-alvo, personas, análise de mercado etc.

Algo importante é perceber que o “Digital” no nome não aparece a toa, mas sim porque está relacionado com Tecnologia.

E como você já deve imaginar, a Tecnologia é uma área que muda muito rápido.

É por isso que é importante sempre um afiliado manter uma boa rotina de estudos, pois sempre surgirão ferramentas novas, plugins novos, novas estratégias e muito mais.

Uma vez que você tenha adotado esse pensamento de estar em constante aprendizado, há grandes chances de se dar bem nesse mercado de afiliado digital.

Pois, grande parte dos profissionais que estão no mercado vendendo produtos de afiliação digitais não tem esse pensamento e acabam ficando defasados em suas estratégias.

Conclusão

Como você pode perceber, o Marketing Digital vem ganhando grande visibilidade nos últimos anos. E dentro dele, uma das áreas que mais se destaca é a de afiliados digitais.

Mas, para iniciar da forma correta nesse ramo, é importante seguir uma boa estratégia, para que você não fique perdido, principalmente no início.

Outro ponto importante de ressaltar é que você também já sabe o que é afiliado digital e o que é um afiliado de produtos físicos e que entender essas diferenças é importante para ajudar a montar uma boa estratégia de vendas de produtos na internet da melhor forma.

A boa notícia é que agora você já sabe que precisa, antes de mais nada, escolher uma fonte de tráfego e ficar muito boa nela.

E a partir daí, ir criando seu perfil nos outros canais digitais e montando sua estrutura online aos poucos, sempre produzindo conteúdo de qualidade para alimentar sua audiência.

E aí, curtiu o conteúdo? Qual estratégia você acha que é a mais importante: