Não compre, adote! Motivos para você não pagar pelo seu amigo canino

Ter um animal fruto de uma adoção é sinônimo de alegria e muito amor.

Adoção de cães e gatos

O Brasil é o terceiro país do mundo em população de animais de estimação, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet). São 39,3 milhões de pets, sendo 23,9 milhões de gatos e  54,2 milhões de cães — estes últimos são os favoritos dos brasileiros.

Para se ter uma ideia, 44,13% dos lares brasileiros contam com a presença de pelo menos um cachorro, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Ter um animal em casa significa doação, afinal de contas, você vai querer oferecer tudo para seu pet: cuidado, alimentação, carinho e amor.

É nesse sentido que a adoção de animais entra como uma alternativa para a compra de filhotes e que, para além da questão financeira, traz diversos benefícios tanto para os cães adotados quanto para seus futuros donos.

Adoção, um ato de amor

Antes de mais nada, é preciso dizer que a adoção é verdadeiramente um ato de amor, pois não há nenhuma troca financeira para que o animal seja seu. E, assim como quando se adota uma criança, é feito um compromisso de responsabilidade, zelo, carinho e atenção para com o pet.

Outra diferença bem marcante na adoção de cães é que a maioria deles não tem raça definida — são os cães SRD (sem raça definida), mais popularmente chamados de vira-latas. Grande parte desses bichinhos vêm da rua, seja por reprodução natural entre cães de rua, seja por abandono.

Para salvar esses animais que geralmente vêm de situações de risco, existem organizações sem fins lucrativos (ONGs) e associações que se comprometem a cuidar temporariamente desses animais para que eles possam, futuramente, achar um novo lar.

Por isso mesmo, a adoção de cães e gatos geralmente é feita com organizações desse tipo, em feiras, na própria instituição ou ainda por meio da doação de filhotes por quem teve uma ninhada em casa e não tem como criar todos os animais.

É possível que você encontre um filhote disponível para adoção nas ONGs, mas a maioria dos pets à disposição são animais um pouco mais velhos. Esse fato, no entanto, não impede a adoção responsável e a garantia de se ter um verdadeiro companheiro por bons anos.

Agora que você já conhece um pouco mais sobre a realidade da adoção de cães, confira alguns motivos para que você adote o seu amigo de quatro patas.

Felicidade em casa todo dia

Quem tem um cachorro sabe que a chegada em casa é sempre um momento de bastante alegria. Ele sempre vai comemorar com muita euforia o retorno do seu dono, mesmo que a saída seja de apenas algumas horas.

Além disso, ter um cãozinho é bastante divertido já que esse tipo de pet é um super companheiro para todas as horas. Brincar com eles, mesmo que seja apenas por alguns minutos, traz uma imensa alegria para você (e mais ainda para ele).

Faz bem para a saúde

Por incrível que pareça, há estudos que apontam uma relação entre saúde mental e física e a presença de animais de estimação. Estudos da Universidade da Virgínia, nos Estados Unidos, por exemplo, concluíram que donos de pets tendem a ser menos estressados e ansiosos quando comparados às pessoas que moram sós.

E mais que isso: a presença de um pet ajuda a reduzir os riscos com problemas de saúde graves, tais como infarto, oscilação de pressão e até mesmo ataque cardíaco. Isso se dá em razão da redução do estresse e do aumento da alegria dos donos, fazendo com que eles sejam também mais saudáveis.

Estímulo à responsabilidade e à sociabilidade

Ter um animal doméstico é um verdadeiro estímulo à responsabilidade e à sociabilidade, já que a simples presença de um cão faz com que você tenha que tomar certas atitudes para que ele seja bem cuidado.

Por exemplo, você terá que administrar as suas refeições, troca de água, banho, passeio, horários e até mesmo o local de dormir e de fazer as necessidades fisiológicas. Ao mesmo tempo, os passeios são uma oportunidade de sair e conhecer outras pessoas, principalmente outros donos de pets.

Adoção = resgate de uma vida

Quando se opta por adotar um animal, você está realizando o resgate de uma vida que, em muitos casos, poderia ser facilmente sacrificada ou maltratada pela falta de cuidados, de carinho, alimento e atenção.

A maioria dos cães disponíveis para adoção em ONGs são animais resgatados das ruas. Logo, ao adotar um cão desses você estará dando uma nova oportunidade de vida para esse bichinho e, ao mesmo tempo, ajudando a diminuir o número de animais em situação de rua.

Após ler este artigo, qual sua opinião: comprar ou adotar um animal?

123 Notícias

Outros artigos