Tecnologia 5G nos Smartphones: o que é e seus benefícios

Atualmente, a tecnologia 5G é um assunto que tem ganhado grande repercussão no jornalismo brasileiro. A nova rede móvel tem previsão para ser implementada, em todo o território nacional, até julho de 2022. Porém, várias operadoras de telefonia móvel já disponibilza um sinal 5G DSS.

No artigo de hoje, abordaremos sobre a evolução da rede móvel e como a tecnologia 5g pretende revolucionar a Internet no Brasil e no mundo.

Evolução da rede móvel

Em 1994 houve o início da comercialização da internet no Brasil. Já em 2002, iniciou o serviço de internet na rede móvel. Desde então a internet tem se desenvolvido e evoluído bastante.

A rede móvel teve sua primeira versão de internet chamada de Wap. Era um serviço de internet bem lento e bem longe daquilo que era oferecido para computadores. Até porque os próprios aparelhos não eram preparados para receber esse serviço.

Alguns anos a frentes, os celulares mais desenvolvidos já apresentavam a internet chamada 2G, eram as tecnologias GPRS e EDGE.

A partir de 2004 a tecnologia 3G teve seu início no Brasil. Mas foi no ano de 2007 que se realizou o leilão das faixas de frequências, o que viabilizou que essa tecnologia se expandisse por todo o país. Era uma tecnologia muito mais rápida, onde era possível realizar download de vídeos e jogos.  Essa tecnologia ainda é muito utilizada em todo país.

No ano de 2013 chegou ao país a tecnologia 4G. Sua implantação iniciou nas cidades que sediariam a Copa do Mundo de 2014. Com o 4G, além da velocidade, a internet ganhou mais estabilidade, ou seja, maior número de usuários conectados sem a perda de qualidade.

Em 2020 foi anunciada a implantação da chamada Rede 5G DSS, por parte de uma operadora de telefonia móvel. Essa rede funciona como uma transição entre 4G e 5G.

Porém, muitos usuários ainda possuem muitas dúvidas a resposta dessa nova tecnologia 5G.

O que é rede 5G?

Rede 5g
Fonte da imagem: pixabay.com

A tecnologia 5G é o nome dado à próxima geração da rede de internet para aparelhos celulares, ou seja, internet para rede móvel.

A rede 5G garante uma velocidade muito maior nos downloads e uploads de dados, além de uma ampla cobertura e maior estabilidade nas conexões.

O objetivo desta nova implementação é garantir que mais usuários estejam conectados. Além de permitir a conexão de outros equipamentos, desde aparelhos eletrônicos até carros.

A Rede 3G tem velocidade média de 8,82 Mbps (megabits por segundo). A 4G atual possui velocidade de 45 Mbps (megabytes por segundo), porém espera-se que ela ainda chegue a 1Gbps (gigabytes por segundo).

Em relação ao 5G, a expectativa é iniciar com essa velocidade de 1Gbps, com uma expectativa de atingir a 10 Gbps. Espera-se que o download de um filme seja feito em menos de dois minutos.

A expectativa é que os jogos rodem sem qualquer tipo de atraso e os vídeos, instantâneos. Assim, como estabilizar chamadas de vídeos, que atualmente são feitas com travamentos e atrasos.

Veja também: 9 ideias de negócios em alta!

Como funciona o 5G?

Atualmente, as operadoras ainda não oferecem a tecnologia 5G propriamente dita, mas sim uma tecnologia 4G mais rápida.

Para que a tecnologia 5G comece a funcionar de fato no país é preciso que ocorra o leilão das faixas de frequência. Esse leilão precisa ser liberado pela Agência Nacional de Telecomunicações, a agência que regula esse segmento. O leilão deveria ter ocorrido em 2020, porém com a pandemia ele foi adiado para o ano 2021.

O funcionamento dessa rede será por meio de ondas de rádio. Porém, os limites serão mais amplos.

As antenas de 5G serão agregadas as antenas atuais e ambas funcionarão de modo paralelo. São instaladas antenas em postes que replicarão o sinal.

Estas novas antenas possuirão uma tecnologia onde será permitido que o sinal seja direcionado para uma direção específica. Portanto, a emissão do sinal será feita somente aqueles smartphones que solicitarem a conexão.

A tecnologia 5G permitirá que essas antenas tenha uma capacidade mais otimizada.

Uma outra questão existente é em relação a Lei do Antenas que ainda não está regulamentada. Poderá haver alguns problemas com prefeituras municipais quanto ao uso das áreas onde serão instaladas essas antenas.

As áreas da saúde, mobilidade urbana, agronegócios e telefonia serão as grandes beneficiadas com a nova rede de tecnologia.

Apesar da inteligência artificial está ente nós, ela ainda é uma realidade distante para a maioria dos brasileiros, porém, para que essa nova tecnologia 5G funcione plenamente, os aparelhos smartphones deverão ser compatíveis.

No Brasil, apenas alguns smartphones já estão prontos para suportar esta tecnologia, como por exemplo, o Galaxy A52 5G e o moto G 5G que já se tornaram os queridos por quem já se prepara para essa nova fase tecnológica.

Conclusão

E enquanto os problemas burocráticos não são resolvidos, todos os usuários brasileiros aguardam essa implementação. Toda essa ansiedade existe, pois, apesar de já existir uma tecnologia 4G, os brasileiros ainda encontram algumas dificuldades de conexão.

Continue acompanhando o 123 notícias e compartilhe nisso conteúdo nas redes sociais!

123 Notícias

Outros artigos