Por Que às vezes o Pé fica Super Gelado?

Por que às vezes meu pé fica gelado? Entenda o que isso quer dizer anatomicamente e quais as possíveis formas de combater esse problema. Leia todo o artigo e veja as principais informações sobre o assunto!

Por que às vezes o pé fica gelado

Você já acordou durante a noite e estava com as mãos e pés gelados? Esse é um problema que acontece, geralmente, no inverno, mas há pessoas que reclamam durante o ano inteiro. Seja em qual época for, não é nada agradável, não é?

Pode parecer simples, mas essa é uma questão que pode afetar o sono à noite. Ou seja, traz um desconforto que, a longo prazo, pode ser um grande problema para a saúde de muita gente.

Nesses casos, será que os sapatos térmicos funcionam? Quais as causas desse pé super gelado? Vamos discutir um pouco de cada agora! Prontos?

O que é e quais as causas do pé gelado?

Os pés super gelados são uma forma que o organismo encontra de autorregular a temperatura do corpo. Ao contrário do que muita gente acredita, esse não é um problema. Pelo menos não no sentido ruim da palavra.

Na verdade, essa é uma resposta totalmente normal e saudável do nosso corpo. É uma forma de equilibrar a temperatura corporal diante de dias muito frios ou até mesmo depois do contato com superfícies geladas.

Anatomicamente, isso ocorre a partir da interrupção do fluxo sanguíneo nas extremidades do corpo, ou seja, pés e mãos, com o objetivo de manter os órgãos internos aquecidos. O nome do hormônio que faz essa proteção natural do nosso corpo é a noradrenalina.

O resultado de todo esse processo é o esfriamento e a palidez da pele. Então, se você notar que a coloração do seu pé mudou, não há muito com o que se preocupar.

Como lidar com esse problema?

Por ser uma reação natural do corpo, esse processo pode ocorrer em qualquer idade. Mas saiba que ele pode, sim, ser evitado.

Uma das principais formas é investir em atividades físicas. Elas são as capazes de fortalecer artérias, veias e tecidos do nosso corpo. É uma maneira de aumentar a oxigenação do corpo, impedindo que ele aja sozinho para manter esse equilíbrio.

Quando sua saúde está em dia e seu corpo se acostuma a estar em movimento, a regulação da temperatura corporal se torna mais eficiente e constante, exigindo muito menos esforço.

Mas outros hábitos, aliados ao esporte, também fazem esse papel. É o caso de uma alimentação equilibrada, que contemple todos os nutrientes que o corpo precisa, e a ingestão correta de água.

Outros pontos de atenção que devem ser controlados para evitar o pé super gelado, mas que também são interessantes para uma boa saúde no geral, são:

  • ter atividades físicas que proporcionem saúde e bem-estar;
  • fazer acompanhamento nutricional;
  • parar de fumar;
  • manter o controle da ansiedade com acompanhamento médico;
  • nos dias frios, manter-se bem agasalhado.

Mas, nos casos mais extremos, existem outras opções, como meias e sapatos térmicos. E é sobre isso que vamos falar a seguir.

O que são os sapatos térmicos?

Na hora de comprar sapatos para os dias mais frios, é bom investir em produtos que possuem isolantes térmicos e materiais que promovam conforto e aquecimento dos pés. Um dos melhores materiais para essa finalidade é o neoprene, um isolante térmico muito eficaz não só para os dias frios mas também para a prática de várias atividades.

Esse é aquele tipo de calçado perfeito tanto para usar dentro de casa quanto para dirigir em trajetos de longa distância, fazer uma viagem de avião ou ônibus com o maior conforto possível e ainda fazer atividades como pilates, ioga e caminhadas na areia.

Alguns ainda têm solados emborrachados e antiderrapantes. Ou seja, muito indicados para atividades aquáticas, como stand up paddle, jet ski e hidroginástica.

Viu só que com boas práticas e a proteção correta, seja com agasalhos ou sapatos térmicos, seu desconforto pode acabar de vez? Ao encarar esse desafio, sua vida pode se tornar ainda mais saudável.

123 Notícias

Outros artigos